Tuesday, May 7, 2013

Sugestão de leitura

É tão bom quando um livro nos transforma, nos traz algo de novo... Já tinha lido a primeira parte das aventuras desta Alemã, quando há 26 anos atrás, numa viagem turística ao Quénia, se apaixona por um guerreiro Massai, deixa toda a vida na Europa, e decide casar-se e ter uma filha com ele. Ficou por lá alguns anos, mas as coisas acabaram por não resultar, por vários motivos. No entanto, Corinne estabeleceu uma verdadeira relação de amizade com Lketinga e a sua família e decide continuar a apoiá-los financeiramente (uma pequena quantia para ela faz milagres numa família Africana).
Este livro fala sobre o reencontro de Corinne com Lketinga, onde este vê pela primeira vez a sua filha, desde que ela deixou o Quénia com a sua mãe, com apenas 2 anos. Contudo, esta é apenas uma pequena parte do livro, o que o torna ainda mais interessante, pois maioritariamente fala da paixão que a escritora sente por África, e de todos os projectos que tem apoiado, um pouco por todo o lado. Não conhecia o projecto Garden in a Sack mas achei interessantíssima a forma como se pode chegar dos 10 cêntimos aos 1000 euros, em alguns meses/anos, fruto de muito sacrifício, e deixar a mendicidade/prostituição, e até mesmo conseguir enviar os 4/5 filhos para uma Universidade. Será caso para dizer Only in Africa? Fiquei chocada com a quantidade de mães seropositivas que dão à luz, e que muitas vezes, passam o vírus aos seus bebés. Mas fiquei motivada com a força de vontade e a alegria destas pessoas. De África só conheço Marrocos, mas partilho da opinião da leitora: os Africanos têm uma aura especial. 
Depois de ler este livro fico ainda com mais vontade de ir a África, e se a vontade de fazer voluntariado já existia, agora é uma certeza absoluta! Não sei quando, nem onde, mas um dia hei-de concretizar esse sonho.
Aloha

2 comments:

espressoandstroopwafel said...

Adorei este teu post! E fiquei com imensa vontade de ler o livro e saber mais sobre os exemplos que falas. E uau! que história!

Ana said...

hmmm ;) entao ja sabes, quando vieres cá, empresto-te!!! se ficaste com curiosidade, acho que vais adorar conhecer a historia :)