Thursday, January 26, 2012

Sugestão de leitura





















A história retrata a dura realidade vivida pela população negra nos estados Sulistas da América do Norte, durante a década de 60. A escravatura terminara há muito, mas continuou presente no tratamento diferencial para com os negros, algo que ainda existe (infelizmente) na nossa sociedade actual.
A história é narrada por três personagens: a jornalista que decide revelar ao mundo o que se passa no Mississipi, e as duas empregadas que se sentiram mais afoitas para contar as injustiças e os maus-tratos de que eram alvo.
Se tiverem lido o livro, nem vale a pena perderem tempo a ver o filme. É muito incompleto, apesar de estar bastante bem adaptado. O filme acaba rapidamente; o livro apaixona-nos desde as primeiras linhas!
Kathryn Stockett é uma das escritoras revelação do ano, e merece-o, pela forma soberba como escreve.
Aloha

1 comment:

Dantins said...

Eu gostei muito do filme, mas confesso que não li o livro. O ter gostado tanto aguçou-me o apetite para comprar o livro.

Geralmente depois de ler um livro as adaptações ao cinema são uma decepção, lembro-me da Casa dos Espíritos...